Seja bem vindo
Naviraí - MS,18/04/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Superintendentes de MS no governo Lula devem deixar Pesca, Patrimônio e Sudeco

O superintendente federal de Pesca e Aquicultura em Mato Grosso do Sul, Júlio Buguelo foi exonerado hoje

Fonte: DIVULGAÇÃO
Superintendentes de MS no governo Lula devem deixar Pesca, Patrimônio e Sudeco Tiago Botelho, Rose Moesto e Júlio Buguelo

MIDIAMAX

Com as eleições municipais se aproximando, o governo do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve perder três superintendentes em Mato Grosso do Sul. Pesca, Patrimônio e Sudeco são as superintendências que podem ter mudanças, sendo que uma delas já foi confirmada.

Rose Modesto e Tiago Botelho podem, em breve, deixar os cargos. Júlio Cleverton dos Santos, conhecido como ‘Júlio Buguelo’ já teve a exoneração publicada no Diário da União nesta segunda-feira. Vilma Galvão da Rosa foi nomeada para assumir a vaga.

O superintendente federal de Pesca e Aquicultura em Mato Grosso do Sul, Júlio Buguelo’/deixou o cargo nesta segunda, para reassumir a vaga de vereador e assim disputar a prefeitura de Glória de Dourados.

Rose Modesto também pode deixar o cargo de superintendente da Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco) para se dedicar à pré-candidatura à prefeitura de Campo Grande nas eleições de 2024.

A saída ainda não tem data definida, mas Rose adianta que uma reunião com a nacional do União Brasil, que acontece nesta terça-feira, deve estabelecer os prazos do seu futuro político.

O superintendente do Patrimõnio da União no Mato Grosso do Sul, Tiago Resende Botelho, pode deixar o cargo que ocupa desde julho do ano passado para concorrer às prévias do Partido dos Trabalhadores (PT) em Dourados com o vereador Elias Ishy. A militância que deve decidir quem vai disputar as eleições na cidade.




COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.