MENU
Sul News
Naviraí - MS, 26/9/2017
Hoje: Máx 0°C / Mín 0°C

Obras são retomadas cinco meses após a paralisação

DUPLICAÇÃO DA BR -163

Foto: CLEBER GELIO
Obras são retomadas cinco meses após a paralisação
Operários trabalha na pavimentação de um dos trechos da BR-163

ANAHY ZURUTUZA / CAMPO GRANDE NEWS

Paradas desde 12 de abril, as obras de duplicação da BR-163 foram retomadas na semana passada pela CCR MSVia. Os operários da concessionária trabalham em trechos próximo a Nova Alvorada do Sul e também a Jaraguari.

A promessa era retomar as obras no dia 1º de setembro, mas conforma a assessoria de imprensa, os dias de “atraso” se deram porque a empresas precisava montar o canteiro de obras.

O anúncio da retomada foi feito pelo diretor-presidente da concessionária, Roberto de Barros Calixto, após participar de reunião com deputados e prefeitos de cidades do entorno da rodovia, na terça-feira (22), na Assembléia Legislativa, em Campo Grande.

HISTÓRICO

Em abril, a CCR MS Via suspendeu as obras de duplicação da BR-163, que corta o Estado de Norte a Sul, e protocolou na Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) o pedido de revisão do contrato.

A BR-163 cruza 21 municípios em Mato Grosso do Sul, desde Sonora, na divisa com Mato Grosso, até Mundo Novo, na divisa com o Paraná. Dos 845,4 km concedidos, a concessionária deveria duplicar 798,3 km. As praças de pedágio foram ativadas em setembro de 2015 após a duplicação de quase 90 quilômetros da via.

Os postos de cobranças foram instalados em Mundo Novo, Itaquiraí, Caarapó, Rio Brilhante, Campo Grande, Jaraguari, São Gabriel do Oeste, Rio Verde de Mato Grosso e Pedro Gomes.

REAJUSTE

A ANTT publicou resolução nesta segunda-feira (11), no Diário Oficial da União, oficializando o aumento de até 8,6% no pedágio.

O preço muda conforme a praça de pedágio, mas os reajustes ficaram entre 40 e 50 centavos, variando entre R$ 4,60 e R$ 7,80.