MENU
Sul News
Naviraí - MS, 22/11/2017
Hoje: Máx 0°C / Mín 0°C

Governador pede a ministro recursos para ampliar escolas de tempo integral

ENSINO BÁSICO

Foto: JOÃO PAULO GONÇALVES
Governador pede a ministro recursos para ampliar escolas de tempo integral
Ministro Mendonça Filho e Reinaldo Azambuja participam de evento na Assembleia Legislativa

LEONARDO ROCHA

O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), afirmou que vai aproveitar a visita do ministro da educação - Mendonça Filho, para solicitar mais investimentos voltados à ampliação do número de escolas em tempo integral no Estado.

Em entrevista coletiva na manhã desta segunda-feira, Reinaldo destacou a importância da parceria com o Governo Federal na educação, que tem possibilitado a abertura de unidades educacionais com ampliação de vagas oferecidas à população. "Essa parceria é boa, pois nos permite inaugurar obras como a escola técnica profissionalizante em Dourados com 1200 vagas", disse o chefe do Executivo estadual.

Reinaldo lembrou da parceria para a implantação de 12 escolas de tempo integral na rede estadual de ensino, que recebem recursos da União. E disse que vai pedir mais verba para ampliar a quantidade dessas unidades.

Atualmente, as escolas estão localizadas em Campo Grande, Dourados, Corumbá, Maracaju e Naviraí, atendendo quatro mil estudantes do Ensino Médio e oferecendo formação plena, com desenvolvimento de práticas e vivências a partir de um currículo diferenciado.

Além disso, citou outros projetos a serem implantados no município de Dourados, resultado da cooperação entre União e Estado, que é a construção da Unidade da Mulher e da Criança no Hospital Universitário (HU) da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD).

Mendonça Filho e Junior Mochi durante entrevista na presidência da Casa. (Foto: Leonardo Rocha)
Mendonça Filho e Junior Mochi durante entrevista na presidência da Casa. (Foto: Leonardo Rocha)

"Essa unidade vai possibilitar que a população tenha novos atendimentos específicos para crianças e mulheres", afirmou Reinaldo. "Entendo que existe um contingenciamento financeiro em função da crise, mas sozinho ninguém faz nada neste País. As obras e projetos precisam do prefeito, do governo e da União".

Ainda sobre a crise, o governador falou sobre a necessidade de reformas estruturantes, como a da Previdência, que ajudaria e muito os gestores, pois sobrariam mais recursos para investimentos em áreas prioritárias, como educaççao e saúde.

Reinaldo Azambuja e Mendonça Filho participam da posse dos integrantes do Conselho de Reitores de Instituições de Ensino Superior no Estado, formado por representantes das instituições públicas privadas que atuam desde a educação básica até a pós-graduação. O evento acontece na Assembleia Legislativa, em Campo Grande.