Seja bem vindo
Naviraí - MS,16/07/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Vereadores rejeitam redução de valores e aprovam salário de R$ 35 mil para prefeito

A Câmara Municipal aprovou aumento do subsídio do prefeito, vice-prefeito e primeiro escalão

Fonte: REPRODUÇÃO
Vereadores rejeitam redução de valores e aprovam salário de R$ 35 mil para prefeito Câmara Municipal de Ivinhema

r

A Câmara Municipal de Ivinhema aprovou o aumento de salário do prefeito para R$ 35 mil e reajuste dos subsídios do primeiro escalão da Prefeitura. Na sessão da segunda-feira (1), eles rejeitaram emenda que reduzia os valores propostos pelo Executivo.

O presidente da Câmara, vereador Valdemar Angelo (PDT), propôs a redução dos valores. “Ivinhema ainda tem prioridades que ainda temos que colocar na frente antes que nossos dirigentes do Executivo tenham esse aumento de salário”, disse em sessão ordinária.

Assim, afirmou que “às vezes nós temos que dar uma olhadinha para trás, de repente começar um aumento de salário, reajuste para aqueles que ganham menos, pensar num plano de cargos e carreiras.

Uma cobrança que essa casa tem feito há muito e muito tempo. A gente não percebe iniciativa do Executivo neste sentido”.

Conforme a emenda proposta, o salário do prefeito iria para R$ 22 mil e do vice-prefeito para R$ 13 mil. Já os dos secretários iria para R$ 11,5 mil e do procurador do Município para R$ 13 mil.

Os vereadores recusaram a proposta de alteração do projeto de lei. Foram oito votos contrários e dois favoráveis.

Subsídio reajustado

Portanto, a maioria da Casa de Leis aprovou a matéria em primeira discussão. Pelo rito, o projeto necessitaria de duas discussões para aprovação e posterior sanção do Podder Executivo municipal.

Logo, os parlamentares fizeram intervalo de alguns minutos e abriram sessão extraordinária para votar o projeto do reajuste em segunda discussão. A proposta foi aprovada por oito vereadores. Além de Valdemar, o vereador Alessandro Ribeiro (PP) foi contra o aumento do salário do prefeito.

Por fim, o subsídio mensal do prefeito passa a ser de R$ 35 mil, vice-prefeito será de R$ 17,4 mil, secretários municipais receberão R$ 12,5 mil, e o procurador-geral do Município terá um subsídio mensal de R$ 18,2 mil. Os valores serão pagos a partir de 2025.




COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.