Seja bem vindo
Naviraí - MS,22/05/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Em maio Tiago Botelho deixa o cargo federal

Escolhido pelo PT para concorrer à prefeitura de Dourados, Botelho ocupa o cargo de superintendente desde julho de 2023

Fonte: KARINE ALENCAR
Em maio Tiago Botelho deixa o cargo federal Tiago Botelho deve deixar cargo de superintendente em maio

r

Após ganhar as prévias e ser o nome escolhido pelo Partido dos Trabalhadores para disputar a prefeitura de Dourados, Tiago Botelho disse que pretende deixar o cargo de superintendente do Patrimônio da União no Mato Grosso do Sul no mês de maio.

Apesar de informar o mês, Botelho ainda não tem dia definido para ser exonerado. “Preciso organizar minha transição. Tenho muitas entregas importantes em via de acontecer. Vou fechar algumas doações e cessões de áreas do Governo Federal para o governo do Estado e prefeitura e, depois, me descompatibilizo”, disse ao MIDIAMAX.

O Partido dos Trabalhadores definiu o nome de Tiago Botelho para concorrer à prefeitura de Dourados, durante prévias neste domingo (7). A votação aconteceu das 9h às 17h, na câmara da cidade. Além de Botelho, Elias Ishy também era um nome cotado na disputa. Botelho recebeu o apoio de 293 votos, enquanto o Ishy obteve 88 votos.

O nome escolhido pelo PT ocupa o cargo de superintendente desde julho de 2023, quando foi cedido pela UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados), onde era professor. Ele também foi candidato ao Senado pela sigla, ficando em 3º lugar, com 178 mil votos, sendo 21.708 deles em Dourados.

Mais superintendentes deixam os cargos

Com as eleições municipais se aproximando, o governo do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve perder três superintendentes em Mato Grosso do Sul. Pesca, Patrimônio e Sudeco são as superintendências que podem ter mudanças, sendo que uma delas já foi confirmada.

Além de Tiago, Rose Modesto também deve deixar o cargo de superintendente. Júlio Cleverton dos Santos, conhecido como ‘Júlio Buguelo’ já teve a exoneração publicada no Diário da União no dia 1º deste mês.

Buguelo deixou o cargo para reassumir a vaga de vereador e assim disputar a Prefeitura de Glória de Dourados. 

Rose Modesto já anunciou que vai deixar o cargo de superintendente da Sudeco (Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste) para se dedicar à pré-candidatura à prefeitura de Campo Grande nas eleições de 2024.

Apesar de anunciar, a exoneração ainda não foi publicada. Na última semana, após uma reunião com a diretoria nacional do União Brasil, Rose confirmou ser pré-candidata à Prefeitura de Campo Grande.

No dia quatro deste mês, Rose Modesto esteve em Campo Grande. A pré-candidata à prefeitura recebeu filiação de 30 pré-candidatos a vereador da Capital durante evento na Câmara.

No evento estavam presentes o ex-vice-governador Murilo Zauith, vereador Coronel Villasanti, Michela Dutra (presidente o Diretório Regional do União Brasil Mulher, e o vice-presidente do União Jovem MS - Luiz Torchetti.

r

r





COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.