MENU
Sul News
Naviraí - MS, 24/11/2017
Hoje: Máx 0°C / Mín 0°C

UFMS terá duas formas de seleção de universitários

ENSINO SUPERIOR

Foto: MARINA PACHECO
UFMS terá duas formas de seleção de universitários
A UFMS têm 13 cursos de graduação e cerca de 20 mil alunos

- Além do Enem, os estudantes poderão fazer vestibular e também o Processo Seletivo de Avaliação Seriada (PAS) -

CAMPO GRANDE NEWS

A partir de 2018 a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) volta a oferecer provas de vestibular para o ingresso de futuros estudantes. A notícia foi divulgada pelo próprio reitor, Marcelo Augusto Santos Turine, durante o aulão para o Enem promovido pela faculdade, nesta quarta-feira (25).

De acordo com a assessoria da universidade, a decisão aconteceu no dia 19 de outubro, na última reunião do Conselho Universitário (Coun). Na data, ficou aprovado a implantação de novos processos seletivos para complementar o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), entre eles o vestibular e o Processo Seletivo de Avaliação Seriada (PAS).

Em nota, a UFMS afirmou que porcentagens de vagas para cada processo seletivo ainda será decidida, mas a intenção e para que as mudanças comecem em janeiro de 2018. Para o pró-reitor de Graduação, professor Ruy Alberto Caetano Corrêa Filho, o vestibular vai contemplar melhor os alunos do Mato Grosso do Sul, aumentando as chances de permanência na instituição.

Ainda conforme o pró-reitor, apesar da importância para a democratização do acesso às universidades, com o Sisu, grande parte dos aprovados no processo seletivo são de fora do Estado e acabam deixando o curso antes da conclusão. “O vestibular contempla alunos que tem maior certeza que quer o curso escolhido”, destacou.

No próximo ano, a universidade também contará com o PAS, um processo seletivo onde o candidato é avaliado em três etapas consecutivas, ao final de cada ano do Ensino Médio.

Segundo a UFMS, apesar da mudança as notas do Enem, continuaram sendo usadas tanto nas redações, como nas demais provas. Ao todo, a Federal possui 113 cursos de graduação, distribuídos em dez câmpus e conta com cerca de 20 mil alunos.