MENU
Sul News
Naviraí - MS, 20/10/2017
Hoje: Máx 0°C / Mín 0°C

Temporal no Estado teve granizo, destelhamento de casas e queda de árvores

CLIMA

Foto: VICENTINA ON LINE
Temporal no Estado teve granizo, destelhamento de casas e queda de árvores
Pedras de gelo de caíram em Culturama surpreenderam os moradores

RENATA HADAD / CAMPO GRANDE NEWS

O temporal que chegou em Mato Grosso do Sul no fim da tarde de ontem, destelhou casas, derrubou árvores e até choveu granizo em pelo menos dez municípios do Estado. Em Coronel Sapucaia, distante 400 km de Campo Grande, os ventos fortes derrubaram árvores e destelharam algumas casas no centro da cidade.

Na cidade paraguaia de Capitan Bado, que faz divisa com Coronel Sapucaia, o vendaval também destelhou várias casas, segundo informações do site A Gazeta News.

Outra cidade da fronteira com o Paraguai, Aral Moreira, também foi atingida pelo temporal. Parte da cidade ficou sem energia e o vendaval derrubou árvores e provocou muita sujeira.

Em Amambai, também na região sul do Estado, teve vendaval seguido de chuva forte, mas nenhum dano grave foi registrado. Segundo o Corpo de Bombeiros, na cidade, o único chamado em decorrência do vendaval foi a queda de uma árvore em uma residência no Residencial Pôr-do-Sol.

A árvore ficou escorada na casa, mas como não oferecia risco aos moradores, deve ser removida nesta segunda-feira (2) durante o dia, já que o clima permanece chuvoso na cidade.

Conforme informações do site Fátima News, nos trechos que ligam as cidades de Fátima do Sul e Dourados, na MS-376, árvores caíram no meio da rodovia.

No trevo que dá acesso ao distrito de Culturama, e entre Deodápolis e Ivinhema, árvores também caíram, chegando a interditar uma parte da pista. No distrito, choveu granizo por três minutos, danificando telhas e surpreendendo moradores da região.

Em Ponta Porã, chuva acompanhada de granizo e ventos fortes deixou rastro de destruição ontem. Conforme o jornal Ponta Porã Informa, devido a forte chuva, pelo menos 60% da população do município que faz fronteira com o Paraguai ficou sem energia.

Além do escuro, o estádio Aral Moreira, localizado no centro da cidade teve a cobertura de uma varanda completamente arrancada. Estragos deste tipo também foram registrados no Centro de Educação Infantil (Ceinf) Zaira Portela, onde a varanda chegou a cair. E no residencial Kamel Saad, no Parque dos Eucaliptos.

Árvores caídas entre Fátima do Sul e Dourados. (Foto: Fátima News)
Árvores caídas entre Fátima do Sul e Dourados (Foto: Fátima News)

CHUVAS

Conforme o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), entre ontem e hoje, o município que mais teve chuva foi Miranda, com 81 milímetros.

Maracaju registrou 63.2 milímetros; Dourados teve 40.2 milímetros de chuvas; no Pantanal Nhumirim choveu 35.2 milímetros; Paranaíba choveu 36.2 milímetros; Juti 33 milímetros; Amambai 22 milímetros; Ponta Porã 27 milímetros de chuvas e Sete Quedas, 24.4 milímetros.