MENU
Sul News
Naviraí - MS, 12/12/2017
Hoje: Máx 0°C / Mín 0°C

Médicos encerram greve mas ameaçam parar em outubro

CAMPO GRANDE

Foto: ARQUIVO
Médicos encerram greve mas ameaçam parar em outubro
Entrada principal da Santa Casa de Campo Grande

Profissionais devem se reunir em nova assembleia na próxima segunda-feira -

GUILHERME HENRI / CAMPO GRANDE NEWS

Os médicos autônomos e os celetistas da Santa Casa de Campo Grande decidiram em assembleia, na noite desta quarta-feira, que nesta quinta-feira irão encerrar a greve que já se arrastava há nove dias.

A movimentação era devido ao atraso no pagamento de horas extras e férias, que estão incluídas no salário deles. A paralisação chegou a impedir a realização de 70% das cirurgias eletivas agendadas por pacientes que não estão internados na unidade.

Conforme o Sindicato dos Médicos (Sinmed), os profissionais continuaram em 'estado de greve', pois voltarão a se reunir, em assembleia, na próxima segunda-feira (2). Na reunião os médicos irão acertar detalhes, como uma nova paralisação, caso o pagamento não seja feito pela unidade de saúdo no quinto dia útil do mês, que é na sexta-feira.

Já é a segunda vez neste ano que os médicos entram em greve na Santa Casa. Em junho os atrasos, dessa vez no salário, foi o principal motivo para a paralisação. Na época, a Justiça do Trabalho confiscou das contas da Santa Casa o valor necessário para pagar os funcionários.

Ao Campo Grande News, via Assessoria de Imprensa, o hospital afirmou que os salários e demais obrigações trabalhistas referentes aos profissionais contratados diretamente pela Santa Casa estão em dia. O problema afetava apenas os terceirizados, já que o município não havia repassado a verba necessária para efetuar os depósitos.