MENU
Sul News
Naviraí - MS, 12/12/2017
Hoje: Máx 0°C / Mín 0°C

Jakeline Giaretta deixa a Secretaria de Saúde e já tem substituta

IGUATEMI

Foto: REPRODUÇÃO - FACEBOOK
Jakeline Giaretta deixa a Secretaria de Saúde e já tem substituta
Jakeline Giaretta Motta saiu e em seu lugar assume Ivone Pelegrinelli

- Na dança das cadeitas quem assume é Ivone Pelegrinelli, a a ex-gestora municipal de saúde do giverno José Roberto Arcoverde - 

PORTAL I TUDO 

Com o pedido de exoneração da Secretária Municipal de Saúde, Jakeline Giaretta Motta, o primeiro escalão da gestão Patrícia Margatto passará por reformulação. No Diário Oficial da Assomasul de quarta-feira (dia 13), foram publicadas as portarias de exoneração de Jakeline Giaretta Motta da Secretaria de Saúde e exoneração de Ivoni Kanaan Nabhan Pelegrinelli, a Dra. Ivoni, como é conhecida, do cargo de Secretária Municipal de Governo e nomeação para ocupar o cargo de Secretária Municipal de Saúde e interinamente a Secretaria de Governo.

Ivoni já foi Secretária Municipal de Saúde na gestão do ex-prefeito José Roberto Arcoverde (PSDB), ficando a frente da pasta durante cinco anos e com a experiência adquirida foi escolhida para o novo desafio.

COM GLÓRIA E JUSTIÇA NO PÉ

A gestora Ivoni Pelegrinelli, em sua passagem pela Secretaria de Saúde chegou receber prêmio entre os cem melhores Secretários de Saúde do país. Porém, a gestão enfrentou alguns dissabores.

O Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul – TCE, após realizar auditoria considerou irregulares os atos de gestão no período de janeiro a dezembro e 2012, em que Dra. Ivoni comandava a pasta.

Segundo o Processo TC/10620/2013, foram considerados irregulares os atos ensejando a aplicação de multa, sendo constatado pela auditoria a ausência de controle acerca de escala de plantões, horário de entrada e saída dos profissionais, e metodologia utilizada para remuneração destes, emissão das notas de empenho após a prestação dos serviços e ausência de medicamentos por falta de planejamento administrativo.

Os conselheiros seguiram o voto da relatora Marisa Serrano e por unanimidade consideraram irregulares os atos e procedimentos administrativos do Fundo Municipal de Saúde de Iguatemi  apontados no Relatório de Auditoria nº 008/2013, abrangendo o período de janeiro a dezembro de 2012, com aplicação de multa a Ivoni Kanaan Nabhan Pelegrinelli, secretária municipal de Saúde nesse período, no valor de 100 UFERMS e recomendou ao gestor do Fundo para que regularizasse os vínculos trabalhistas com os profissionais da área médica e implementasse mecanismos de controle do horário de trabalho e dos serviços efetivamente prestados por cada um deles e a respectiva remuneração; e ainda adotasse as providências necessárias ao preenchimento de vagas por meio de concurso público na área da saúde em substituição aos contratos temporários; e rotinas de controle do estoque de medicamentos da farmácia básica.