MENU
Sul News
Naviraí - MS, 20/8/2017
Hoje: Máx 0°C / Mín 0°C

Deputada vira "peso morto" na Assembleia Legislativa

INATIVA

Foto: ARQUIVO
Deputada vira
Grazielle Machado (PR)

TOP MIDIA NEWS

Deputada estadual de primeiro mandato, Grazielle Machado (PR) virou praticamente uma 'figura decorativa' nos trabalhos parlamentares da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul. Segunda vice-presidente da Casa, ela não teve nenhum projeto avaliado neste ano, ainda marcado pelas constantes faltas da parlamentar, inclusive a sessões de vital importância para a base aliada de Reinaldo Azambuja, governador pelo PSDB.
Mesmo com as constantes faltas, que seriam causadas por problemas de saúde, Grazielle evita passar mais de 30 dias afastada do cargo, o que acarretaria na convocação de um suplente para suprir o trabalho parlamentar da deputada.
Oficialmente, a Assembleia não revela quantas ausência teve Grazielle neste ano, já que a lista de presença parlamentar é uma 'caixa preta' dentro da Casa. Porém, a atividade parlamentar deixa clara a inatividade da deputada; acompanhe:
Neste ano, no ponto de vista oficial, Grazielle não teve nenhum projeto votado pelos deputados estaduais. A informação foi confirmada em levantamento realizado pelo TopMídiaNews nas quase 30 edições do Diário Oficial da Casa de Leis publicadas neste ano.
Em todos esses documentos, Grazielle só é citada três vezes fora do expediente, onde constam as informações básicas da Assembleia. No mesmo período, outra parlamentar, Antonieta Amorim (PMDB), teve mais de 15 projetos avaliados.
No dia 18 de março, o nome de Grazielle consta no termo de posse do presidente e vice-presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher e Contra a Violência Doméstica e Familiar; cinco dias depois aparece também na posse da Comissão de Assistência Social e Seguridade Social, e no dia 29 tem o nome na posse da Comissão de Desenvolvimento Agrário, Assuntos Indígenas e Quilombolas. Em todos ela é apenas integrante da comissão, e assina o termo de posse do presidente e vice de forma digital.
Mesmo a divulgação de suas atividades anda devagar. Na página de Grazielle Machado, no site da Assembleia Legislativa, a última publicação é de novembro do ano passado.