MENU
Sul News
Naviraí - MS, 20/2/2018
Hoje: Máx 0°C / Mín 0°C

Conselho de Pastores inaugura sua sede

NAVIRAÍ

Foto: DIVULGAÇÃO
Conselho de Pastores inaugura sua sede
Pastores Samuel e Paulo Coura

BETO CORREA

No sábado passado foi inaugurada a nova sede do Conselho de Pastores de Naviraí (Conpen). O ato foi realizado com a presença de vários pastores das igrejas evangélicas e o prefeito Izauri de Macedo (DEM) se fez representar pela profesora Fátima Liutti, Gerente Municipal de Educação.

O atual pastor presidente da instituição religiosa é Paulo Coura, que substitui o seu antecessor pastor Samuel Loza da Silva. O pastor Coura falou na condição de novo presidente do diálogo existente entre a instituição e o poder público municipal e das finalidades da instituição que preside na orientação de seus fiéis na comunidade que as funções da igreja não atinja a população não apenas com a pregação, mas também com o seu lado social. “Devemos mostrar, o quanto o povo de Deus pode realizar em nossa cidade pelos menos favorecidos pela sorte”. Destacou

O pastor Coura é natural de Naviraí, quando aqui aportou com seus familiares em 1966. Disse que prega o evangelho integral, que se preocupa com o espírito e com a alma, fazendo com que a pessoa esteja bem mental e fisicamente. A igreja existe para isso. Falou do trabalho social da igreja que dirige a Igreja Presbiteriana Renovada, que faz a distribuição de 5 a 6 cestas básicas para famílias com quatro membros, em condições de vulnerabilidade, mensalmente.

A nova sede do CNOPEN está localizada na Avenida Ponta Porã, esquina com a Glória de Dourados (defronte a capela mortuária). Ela foi cedida pela Administração Municipal. Reconhecendo sua importância para a sociedade Naviraiense, o prefeito Izauri de Macedo sancionou o Projeto de Lei nº 09/2016 que torna de utilidade pública o COPEN.

O prefeito Izauri disse ser importante reconhecer o devido valor a essa importante instituição que representa suas comunidades no município e que a mesma terá o apoio que estiver ao seu alcance, para que possam realizar suas atividades e iniciativas em prol das comunidades que representam.