MENU
Sul News
Naviraí - MS, 18/1/2018
Hoje: Máx 0°C / Mín 0°C

Dois municípios do Vale do Ivinhema estão em situação de emergência

MUITA CHUVA

Foto: ARQUIVO
Dois municípios do Vale do Ivinhema estão em situação de emergência
Erosão em Novo Horizonte do Sul

LUCIENE CARVALHO / NOVA NEWS

A situação é de alerta em duas cidades da região do Vale do Ivinhema com as fortes chuvas das últimas semanas. Bataiporã e Novo Horizonte do Sul estão entre os 12 municípios de Mato Grosso do Sul apontados pela Defesa Civil como em situação em emergência.

Em Bataiporã, como todos sabem, o problema que se repete todos os anos e está na iminência de voltar a acontecer é o transbordamento da ‘Lagoa do Sapo’. Quem mora próximo ao local já começa a viver dias de apreensão com a incidência de chuvas que atinge o município.

Obras de limpeza no canal de vazão da lagoa diminuíram o risco de alagamento, porém, com o alto volume de água o mesmo pode não suportar e, ocasionalmente, provocar a inundação nas casas e comércios próximos ao local.

Cb image default
Problema que se repete todos os anos em Bataiporã é o transbordamento da ‘Lagoa do Sapo’ - Foto: Arquivo Nova News

Em Novo Horizonte do Sul, cidade distante cerca de 100 km de Batayporã, as chuvas constantes não param de fazer estragos. Manchete até do Jornal Nacional, em novembro de 2017 choveu em três horas o que estava previsto para o mês inteiro e prejuízos foram deixados por toda a parte. À época, pelo menos 40 famílias ficaram isoladas devido à destruição de uma estrada levada pelas enxurradas.

Grande produtor de mandioca, Novo Horizonte do Sul também contabilizou diversos prejuízos nas lavouras. Pelo menos 50 hectares foram destruídos. Em uma única propriedade não sobrou nada dos 25 hectares plantados há um mês. Prejuízo de R$ 200 mil.

Relatório da Defesa Civil

Segundo as informações a que o Nova News teve acesso, um relatório da Cedec (Coordenação Estadual da Defesa Civil), divulgado nesta terça-feira (2), revela que 11.326 pessoas foram afetadas pelas chuvas em Coronel Sapucaia, Deodápolis, Batayporã, Novo Horizonte do Sul, Itaquiraí, Japorã, Eldorado, Rio Verde, Miranda, Bataguassu, além de Porto Murtinho e Sete Quedas.

Conforme o relatório, a maior parte das cidades que enfrentam problemas está na região Sul. Em Porto Murtinho, por exemplo, um bairro inteiro – Cohab – foi inundado e a estimativa mais atual é que ao menos 600 pessoas estejam desabrigadas ou desalojadas, embora a situação já esteja sob controle.

A Defesa Civil informou ainda que está em alerta com os municípios de Tacuru e Sete Quedas, onde nestes últimos dias chove com maior intensidade.