MENU
Sul News
Naviraí - MS, 20/1/2018
Hoje: Máx 0°C / Mín 0°C

Fábio Trad assume mandato e diz que missão é retomar projetos

CÂMARA FEDERAL

Foto: DIVULGAÇÃO
Fábio Trad assume mandato e diz que missão é retomar projetos
Fábio Trad, ao centro, que assumiu cadeira de Carlos Marun na Câmara Federal

- Mudanças no Código Penal e Reforma Tributária estão entre as áreas listadas pelo deputado -

OSVALDO JÚNIOR / CAMPO GRANDE NEWS

Empossado na manhã desta quarta-feira (dia 20), o advogado Fábio Trad (PSD) assume o lugar deixado por Carlos Marun (PMDB) na Câmara Federal, com intenção de contribuir com questões em destaque na discussão política nacional. Mudanças do Código Penal, do Código de Processo Penal, leis de licitações, reformas Tributária e da Previdência, são os temas aos quais o novo parlamentar sul-mato-grossense pretende se dedicar, conforme listou.

“O principal obejetivo no início será retomar projetos de leis importantes para o país”, afirmou Fábio Trad, que, nas eleições de 2014, teve 67.508 votos (5,29% do total dos votos válidos), ficando como suplente de Carlos Marun. Na semana passada, Marun tomou posse como ministro da Secretaria de Governo da Presidência da República, assumindo vaga deixada por Antônio Imbassahy (PSDB/BA).

“Código de Processo Penal , Código Penal, modernização das leis de licitações e Reforma Tributária”, enumerou Trad em referência às áreas nas quais planeja atuar. “Todos os projetos que visam aprimorar o serviço público brasileiro, a saúde, segurança, mobilidade urbana, educação, são importantes e terão a minha máxima atenção”, acrescentou e deputado.

Outro tema de relevância nacional, a reforma da Previdência, também está entre os que Fábio Trad pretende apresentar contribuições. Para ele, qualquer discussão sobre o assunto precisa ser feita a partir de fundamentação consistente. “É um tema que não pode ser objeto de palpite político, mas sim expressão de uma convicção consistente, baseada em fatos, estatísticas, índices, números e perspectivas”, defendeu;

Pela importância e complexidade da questão, a reforma da Previdência demanda estudo. “Os outros deputados já tiveram oito meses para estudar. Eu estou iniciando agora. Até fevereiro, certamente terei posição definida”, justificou o porquê de não tratar ainda sobre o assunto.

REELEIÇÃO

Em entrevista anterior ao Campo Grande News, Fábio Trad mencionou a possibilidade de colocar seu nome na disputa eleitoral. “Depois de 2014, retomei a advocacia e estou com uma boa clientela”, afirmou Trad, indicando que o momento profissional colocaria em segundo plano eventual projeto de retorno à vida pública.

No entanto, o quadro agora é outro. “Não estou decidido, mas pode ser que eu me candidate à reeleição”, considerou. Com mandato de um ano, sofrendo as interrupções das eleições e de Copa do Mundo, entre outros eventos, Trad teria pouco tempo de trabalho. Essa situação pode impulsioná-lo a buscar a reeleição.